Buscar

Não fomos criadas para empreender!

Você acha que não tem talento pra empreender? Que quem empreende já nasce pronto, tem um talento nato?


Se você respondeu sim para essas perguntas, eu quero bater um papo com você!


Infelizmente, somos criadas para trabalhar para os outros, para cumprir ordens. Podemos discordar, mas já sabendo que não seremos ouvidas. Essa é uma realidade das escolas, faculdades, das empresas... Estão sendo feitos movimentos para mudar isso, mas na minha faculdade, muito eu ouvi que empreendedor era aquela pessoa com um talento nato, que nasce para empreender, quem não tinha isso, dificilmente conseguiria.


Gente, eu me formei há quatro anos e esse ano comecei uma Pós, e me dói ver que é disseminada a ideia de que precisamos ter apenas um emprego, de que somos ensinadas a ser empregadas dos outros poucos que nascem com talento empreendedor. Pra vocês terem noção, havia uma disciplina em que foram aplicadas várias pesquisas como um teste, e todas as pesquisas só tinham alternativas referentes a pessoas sendo empregadas, como se elas só se formassem para tal. E o percentual de pessoas que concordam com essa ideia, de que ou elas estão empregadas ou estão desempregadas, chega a 90% da sala.


Isso me entristece e talvez doa em você também, que gostaria de viver a sua vida, de empreender, de fazer coisas diferentes. Mas que no final, se formou e está em um emprego para cumprir suas funções, e não se sente muito animada com isso.


De acordo com uma pesquisa do consultor de carreira Fredy Machado, em 21 estados, cerca de 90% dos brasileiros estão insatisfeitos com o seu trabalho. Desses, 36,52% estão infelizes com o trabalho que realizam e 64,24% gostariam de fazer algo diferente, para serem mais felizes. As pessoas não querem apenas um salário no final do mês em troca de um serviço executado, elas buscam um trabalho com propósito, que contribua com os outros, que sejam reconhecidas.


E isso só é possível através do empreendedorismo que não é ensinado. E quando se fala em empreendedorismo, tudo é sobre abrir um negócio, quando é muito mais amplo que isso. Antes de pensar que se você quer abrir um negócio ou trabalhar para alguém, você precisa desenvolver o espírito empreendedor, e isso não é sobre negócios e sim, sobre desenvolver a si própria. Empreender é sobre ter iniciativa própria, buscar melhorias constantes, desenvolver novos métodos, querer mudar pra melhor.



E isso é ensinável, é treinável, ainda que não seja uma prática difundida pelas escolas, faculdades e empresas, mas é o que faz a diferença. Então, se você quer começar seu próprio negócio ou trabalhar em uma empresa, desenvolva seu espírito empreendedor. Ainda que tenham te dito que não é pra todo mundo, acredite, é aprendível. Você não foi criada para empreender, mas você pode aprender a empreender. E pra isso, vou compartilhar 3 estratégias para você começar a desenvolver o seu espírito empreendedor:


1° Tome decisões:


Tenha a iniciativa de tomar decisões. As pessoas tem medo de tomar decisões e por isso quando trabalham em uma empresa, preferem esperar para seguir as ordens. Estude, tome conhecimento e tome decisões. Treine nas suas decisões pessoais, no seu trabalho, na sua vida. Essa estratégia vai fazer você se diferenciar de muitos.


2° Se comprometa:


Não esteja apenas trabalhando, apenas querendo desenvolver um bom trabalho. Se comprometa a fazer o melhor, dê o seu melhor em tudo o que fizer. Aproveite as oportunidades, se envolva em novos projetos, faça o seu melhor e se comprometa com isso.


3° Assuma riscos:


Controlados, claro! Mas sabe quando você pensa que poderia ter feito tal coisa, poderia ter compartilhado uma ideia, poderia ter dado uma opinião, poderia ter tomado uma atitude e isso fica somente na sua mente? Compartilhe mais, arrisque mais.


Todas essas estratégias podem ser aplicadas na sua vida, na criação de um novo negócio e nas suas atitudes diárias como funcionário. Você pode e deve desenvolver o seu espírito empreendedor, basta treinar.

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo