Buscar

Como montar o seu plano para sair do clt?

Converso com muitas pessoas que tem receio de sair do CLT e perder a estabilidade, aquele salário fixo no final do mês. Com isso, apesar de quererem muito começar a empreender, construírem a liberdade de viver do próprio negócio, as pessoas perdem essa oportunidade porque não sabem como se libertar de viver sem essa segurança.


A verdade é que criamos diversas histórias na nossa mente para não darmos esse passo e em muitas delas, criamos um cenário desesperador para quem empreende, que podemos ir morar na rua se tomarmos essa decisão. E na realidade, as coisas são muito diferentes. Muitos dos nossos medos nem são possíveis de se concretizar, mas mesmo assim isso nos paralisa.


Existe então a possibilidade de criar um plano seguro para ter coragem de sair do CLT?


Com certeza, e esse plano é muito mais simples do que você imagina.


A primeira coisa que precisamos, é sair do cenário ideal e muitas vezes irreal da nossa mente e colocarmos os pés no chão. O que você precisa para começar o seu negócio, é muito menos do que a sua mente acha que você precisa.


E já fica aqui a orientação de ouro: O melhor dos caminhos é sempre começar o seu negócio em paralelo com seu emprego atual, isso faz você dar início a essa transição e ver os primeiros resultados do seu negócio enquanto ainda possui o seu salário no final do mês.


Coloque no papel o que você precisa de verdade para dar início ao seu negócio. Se você precisa de uma formação específica, qual o primeiro curso mínimo que já te permite começar. Se é um produto, quais materiais você precisa para fazer uma unidade desse produto e vender. Se for um serviço, qual é o mínimo que você precisa para oferecer a amostra do seu primeiro serviço para alguém.


Apenas fazendo essa análise, muitas pessoas percebem que inclusive já tem o que precisam para começar o seu negócio.


Depois que você sabe o que precisa para começar e dá início a esse negócio, você começa a pensar na sua reserva financeira.


O que isso quer dizer?


Sim, eu não posso mentir, para fazer a sua mudança do seu emprego para o seu negócio, você precisa criar a sua segurança financeira, que é aquele valor que servirá para te manter enquanto você desenvolve o seu negócio e ele possa te pagar.


Não adianta você dizer que o seu negócio já vai te dar retorno nos primeiros meses (e ele pode sim dar, porém não é garantido), você precisa assegurar que terá o mínimo que precisa para viver enquanto trabalha no seu negócio, isso te dará paz de espírito e inclusive aumentará os resultados do teu negócio.


Depois que você estiver trabalhando na sua reserva, marque a data de saída do seu emprego, ela é extremamente importante para você honrar seus compromissos. Sem ela, mesmo que você determine que começará a reserva financeira, que dará início ao seu negócio, é muito fácil você se dispersar e adiar as suas decisões, pois não criou um compromisso com uma data para acontecer, você apenas despertou a vontade de algum dia isso acontecer.


Agora com seu negócio em movimento, com sua reserva em construção e com uma data de saída definida do CLT, você precisa de um plano para que tudo isso aconteça.

Defina quais são as cinco ações que precisam acontecer para que você consiga sair de onde está e viver do seu negócio?


Defina qual a data para cada ação e se coloque em movimento.



Quando você quer e se determina a buscar uma vida melhor, ninguém vai te parar.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo